Barril do petróleo Brent cai abaixo de US$30 com aumento em estoques

Preço da gasolina nas refinarias no acumulado de 2020 cai 48,5%
06/05/2020
Cepea: em abril, os valores dos etanóis hidratado e anidro caíram com força em São Paulo
07/05/2020
Mostrar tudo

Fonte: UDOP

Os preços do petróleo recuaram nesta quarta-feira, com o barril do tipo Brent sendo cotado a menos de 30 dólares, diante de um aumento nos estoques da commodity e do diesel nos Estados Unidos, algo que ofuscou os cortes de produção da Opep e as expectativas de uma recuperação de demanda em meio ao relaxamento dos “lockdowns” em alguns países.

O petróleo Brent fechou em queda de 1,25 dólar, ou 4%, a 29,72 dólares por barril, no primeiro dia de perdas após seis sessões consecutivas de altas. Já o petróleo dos EUA (WTI) cedeu 0,57 dólar, para 23,99 dólares o barril.

O valor do Brent quase dobrou desde a mínima de 21 anos registrada em 22 de abril, apoiado por expectativas de recuperação de demanda e por cortes recordes de produção liderados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Ainda assim, o valor de referência internacional —bem como o “benchmark” norte-americano— segue pressionado pela demanda fraca e pelos altos volumes estocados.

Os estoques de petróleo registraram crescimento de 4,6 milhões de barris na semana até 1º de maio. Analistas consultados por pesquisa da Reuters esperavam um aumento de 7,8 milhões de barris.

“Esse crescimento relativamente pequeno nos estoques de petróleo certamente é um fator de suporte, mas há outros problemas que o mercado encara nesse relatório”, disse John Kilduff, sócio da Again Capital em Nova York.

“O enorme aumento nos estoques de derivados nos mostra o impacto da falta de tráfego aéreo e de caminhões nas estradas, e isso não é um sinal bom para a economia e para a demanda futura.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *