Impacto da pandemia em óleo e gás vai até fim de 2021

As 5 frentes de discussão no gás natural
24/06/2020
Queda da demanda por etanol está entre 20% e 30% no Brasil, diz CEO da Copersucar
24/06/2020
Mostrar tudo

Fonte: O Estado de S. Paulo

Apesar de prever recuperação na demanda por petróleo no segundo semestre, o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) diz que o impacto da pandemia no setor de óleo e gás se estenderá até o fim de 2021. Segundo estudo do instituto, em um cenário otimista, o preço do barril de petróleo do tipo Brent deve variar de US$ 60 a US$ 70, e o consumo, cair menos de 5%. Sem a articulação dos países produtores, porém, a projeção é de queda na cotação para o patamar de US$ 20 a US$ 40, com redução superior a 10% no consumo de petróleo e derivados no médio prazo. Essa perspectiva poderia elevar o nível dos estoques mundiais próximo à capacidade máxima até 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *