Ministério de Minas e Energia propõe reduzir meta do RenovaBio para 2020

BR Distribuidora divulga balanço nesta semana; saiba o que esperar
08/06/2020
Consumo de gás pode retrair 10% em 2020
08/06/2020
Mostrar tudo

Fonte: Valor Econômico

O Ministério de Minas e Energia (MME) propôs reduzir pela metade a meta de descarbonização dos transportes para este ano do programa RenovaBio e também propôs diminuir as metas dos próximos nove anos.
Se a proposta da Pasta for aprovada, o programa, que foi criado em linha com os compromissos do Brasil com o Acordo de Paris, deixará de garantir a redução das emissões de quase 140 milhões de toneladas de carbono na atmosfera até 2029.
Para 2020, a nova meta proposta pelo MME é de 14,53 milhões de toneladas de carbono de emissão evitadas, metade das 28,7 milhões de toneladas da meta vigente. Em portaria, a Pasta afirma que a meta foi reduzida por causa dos impactos da pandemia de Covid-19. O cálculo foi baseado na premissa de que a atividade econômica terá retomada a partir de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *