Petrobras mantém plano de vender Braskem na bolsa

Vamos continuar investindo no carro eletrificado’, diz presidente da Nissan
06/05/2020
Distribuidoras não podem romper contratos de compra de etanol
06/05/2020
Mostrar tudo

Fonte: Valor

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse ontem que o momento do mercado pede paciência, mas que a empresa mantém o interesse de vender sua participação na Braskem na bolsa e monitora oportunidades para uma nova oferta de ações da BR Distribuidora. Fora do mercado de capitais, segundo o executivo, a meta continua sendo avançar com as negociações das refinarias e assinar os contratos para a venda dos ativos ainda neste ano.
Castello Branco destacou que “vários obstáculos já foram vencidos” para que a Braskem seja vendida, como o acordo firmado pela empresa petroquímica para pagamento de indenizações e realocação de pessoas que moram em bairros de Maceió (AL) que apresentam rachaduras e afundamentos desde o ano passado, no entorno de poços de extração de sal-gema de propriedade da companhia. Além disso, o executivo cita a concordância da Odebrecht, sua sócia, em transformar a Braskem numa corporation.
A ideia da Petrobras e da Odebrecht é listar a Braskem no Novo Mercado da B3, na tentativa de valorizar a petroquímica para uma futura venda de lotes de ações da companhia. “Mas temos que ser pacientes”, disse Castello Branco, em referência à alta volatilidade da bolsa e do momento ruim da economia global. Para ler esta notícia, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *