Preços do petróleo têm ganho semanal enquanto Opep+ inicia cortes recordes de produção

Venda de veículos no mercado nacional cai 77% em abril
01/05/2020
Raízen eleva “mix” para açúcar e protege quase 50% das vendas 20/21 de etanol
01/05/2020
Mostrar tudo

Fonte: Reuters

Os preços do petróleo nos EUA subiram 5%, enquanto o petróleo Brent subiu acima de 26 dólares por barril nesta sexta-feira, com os dois contratos de referência registrando seu primeiro ganho semanal em quatro semanas, à medida que a Opep e seus aliados embarcam em cortes recordes de produção para enfrentar um excesso de oferta devido à crise do coronavírus.
Em abril, o petróleo dos EUA caiu para um nível mais baixo de todos os tempos e negociou negativo pela primeira vez, enquanto o Brent atingiu uma baixa de quase 21 anos, quando a pandemia corroeu a demanda e a Opep e outros produtores aumentaram a produção antes de chegarem ao novo acordo de fornecimento, que começou na sexta-feira.
O Brent para julho caiu 0,04 dólar, ou 0,2%, para 26,44 dólares por barril. O contrato de junho expirou na quinta-feira em 25,27 dólares.
O petróleo nos EUA (WTI) encerrou a sessão com alta 0,94 real, ou 5%, a 19,78 dólares, depois de subir acima de 20 dólares no início da sessão.
Após três semanas consecutivas de perdas, o petróleo Brent alcançou um ganho de cerca de 23%, enquanto o WTI aumentou cerca de 17%.
O WTI também encontrou apoio depois que as empresas de energia dos EUA cortaram as sondas de petróleo pela sétima semana consecutiva, reduzindo a contagem total para 325, a menor desde junho de 2016, disse a empresa de serviços de energia Baker Hughes. [RIG/U]
A Organização dos Países Exportadores de Petróleo, Rússia e outros produtores, conhecidos como Opep+, concordaram com um corte de produção de 9,7 milhões de barris por dia a partir de 1 de Maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *