GM vai investir US$ 35 bilhões até 2025 em veículos elétricos

Além dos elétricos: o plano da Stellantis para superar a Tesla
17/06/2021
Mais barato e seguro: GNV é opção viável à gasolina, vilã na alta da inflação
17/06/2021
Mostrar tudo

BrasilAgro

GM (General Motors) anunciou hoje (16) aumento nos investimentos em veículos elétricos e autônomos e antecipou planos para duas fábricas de baterias nos Estados Unidos, bem como estimou lucro mais forte do que o esperado para o segundo trimestre.

A montadora disse que agora vai investir US$ 35 bilhões até 2025 em veículos elétricos, um aumento de 75% em relação a março de 2020, antes que a pandemia fechasse a indústria.

“A adoção de veículos elétricos está aumentando e alcançando um ponto de inflexão”, disse o diretor financeiro da GM, Paul Jacobson, a jornalistas. “Queremos estar prontos para sermos capazes de produzir a capacidade de que precisamos para atender a demanda ao longo do tempo.”

A GM disse anteriormente que iria lançar 30 veículos elétricos globalmente até 2025. Hoje (16), a companhia disse que o número agora aumentará com os investimentos mais elevados. A empresa também disse que a capacidade adicional de produção nos EUA será usada para montagem de SUVs elétricos. Os detalhes dos novos números de veículos e fábricas de SUVs envolvidos não foram detalhados.

Como parte dos investimentos, a GM disse que vai construir duas fábricas adicionais de baterias nos EUA em meados da década. A GM disse que os detalhes sobre onde essas fábricas serão construídas serão anunciados mais tarde, mas essas unidades serão responsáveis por mais da metade do último aumento de US$ 8 bilhões em investimentos.

Foi a segunda vez que a montadora aumentou seu orçamento para veículos elétricos desde que delineou seus objetivos no início do ano passado. Em novembro, o orçamento aumentou de US$ 20 bilhões para US$ 27 bilhões.

A GM também disse que agora espera reportar resultados de segundo trimestre melhores do que os esperados, apesar do impacto da escassez global de chips. A empresa espera que o lucro operacional do primeiro semestre fique entre US$ 8,5 bilhões e US$ 9,5 bilhões, devido aos fortes resultados financeiros e à melhoria na produção de veículos.

A GM disse anteriormente que superaria significativamente sua previsão anterior de lucro de US$ 5,5 bilhões no primeiro semestre.

A companhia informou ainda que vai lançar até meados da década uma terceira geração de seu sistema de células de combustível, que tem mais densidade de energia e possui custos mais baixos (Reuters, 16/6/21)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *