ANP: Preço atual do etanol já é maior que o da gasolina de um ano atrás em seis Estados e no DF

Bolsonaro diz que pediu pra Lira pautar projeto do ´álcool desde a refinaria´
16/03/2021
Etanol sobe quase 15% na 1ª quinzena de março, diz Ticket Log
16/03/2021
Mostrar tudo

Valor Econômico

Os preços do etanol hidratado (que abastece diretamente os tanques) subiram de forma generalizada em todos os Estados do país na semana passada – e, em sete unidades federativas, o biocombustível já está acima do preço da gasolina de um ano atrás. O etanol vem subindo de forma até mais expressiva do que o combustível fóssil porque a nova safra de cana não começou a ser processada.
De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), os preços do etanol na semana passada, encerrada dia 13, já superam os da gasolina de um ano atrás no Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul,Roraima e Santa Catarina. O Amapá não foi considerado porque o levantamento foi feito em apenas um posto.
Mesmo em Estados onde há maior oferta de etanol por causa dos tanques das usinas, o bicombustível também disparou. Em Goiás, o produto subiu 10,95% nos postos, para R$ 4,267 o litro, e perdeu a vantagem econômica ante a gasolina, alcançando uma correlação de 74% com o combustível fóssil.
O etanol só se manteve dentro da paridade de equivalência energética com a gasolina em Mato Grosso. Nos postos do Estado, o litro do etanol subiu 7,65%, para R$ 3,872, e ficou em 70,5% do valor da gasolina, dentro, portanto, do patamar de equivalência energética de 70%.
Em São Paulo, maior polo de consumo de combustíveis do país, o etanol subiu 4,61%, para R$ 3,949 o litro, o equivalente a 76% do preço da gasolina. O valor do biocombustível nos postos paulistas na semana passada ficou apenas R$ 0,412 abaixo do preço da gasolina de um ano atrás.
Em contrapartida, na semana passada, os preços pelos quais as usinas venderam etanol não oscilou muito em relação à semana anterior. O indicador Cepea/Esalq para o hidratado entre os dias 8 e 12 de março teve leve queda, de 0,04%, a R$ 2,9059 o litro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *