ANP: Preços médios de diesel e etanol recuam nos postos na semana; gasolina sobe

ANP: preço médio do etanol sobe em 15 Estados e DF; mas recua na média nacional
28/06/2021
Etanol: hidratado desvaloriza 2,42% e anidro cai 3,42% na semana
28/06/2021
Mostrar tudo

CNN Brasil

Os preços médios do óleo diesel e do etanol nos postos de combustíveis do Brasil recuaram na última semana, enquanto o valor da gasolina subiu no período, mostrou pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicada nesta sexta-feira (25).
Segundo levantamento da reguladora, o preço médio do diesel nas bombas cedeu 0,22% em relação à anterior, atingindo R$ 4,498 por litro.
Embora o valor do combustível mais consumido do Brasil se mantenha sem alterações bruscas desde meados de maio, tendo acumulado variação positiva de 0,35% desde então, esta é efetivamente a primeira queda registrada em oito semanas.
A pesquisa da ANP também indicou uma queda nos preços do etanol na semana. Segundo o levantamento, o valor médio do biocombustível recuou 1,06%, para R$ 4,354 por litro, menor nível desde o início deste mês.
Por outro lado, a gasolina –que concorre com o etanol nas bombas– avançou 0,22% na semana, alcançando preço médio de R$ 5,695 por litro. Ainda que discreto, o movimento foi suficiente para fazer com que o combustível engatasse sua 11ª semana consecutiva de altas.
A Petrobras, que detém um virtual monopólio do refino de petróleo no Brasil, reduziu o valor da gasolina em suas refinarias em 2% no último dia 11 de junho, após mais de um mês sem reajustes, enquanto a cotação do diesel segue no mesmo patamar desde 1º de maio.
O presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, disse nesta sexta-feira em audiência de comissão da Câmara que a petroleira tem conseguido absorver a alta recente do petróleo em meio a uma queda na cotação do dólar frente ao real, fatores que a empresa leva em conta para definir sua política de preços.
Mas os preços nos postos não necessariamente acompanham de imediato os valores nas refinarias, e dependem de uma série de fatores, incluindo impostos, mistura de biocombustíveis e margens de distribuição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *