Biogás: Com alta no petróleo mercado prevê crescimento do uso de combustíveis renováveis

O que esperar de Petrobras após definição do novo Conselho
14/04/2021
Combustível sustentável é a saída para poluir menos
14/04/2021
Mostrar tudo

UDOP

Reajustes dos combustíveis promovidos pela Petrobras podem servir como alavanca para uso de novos substitutos energéticos nos próximos meses.
O reajuste na taxa dos combustíveis fósseis pela Petrobras em março de 2021 trouxe força ao debate energético renovável no Brasil nos últimos dias, como o uso do biogás.

A alta do Diesel e da Gasolina tem sido um desafio para muitas categorias que dependem desse tipo de combustível para trabalhar, entretanto, muitos especialistas também acreditam que a situação pode modificar a procura por substitutos energéticos mais baratos e inclusive menos poluentes como é o caso do biometano.

Em entrevista ao Portal Biomassa BR, a Associação Brasileira do Biogás (ABiogás) destacou que o biogás pode se tornar um bom candidato para substituição do derivado do petróleo tanto para o uso veicular como também em transportes mais pesados.

Os reajustes de combustíveis fósseis no Brasil

No início de março a Petrobras anunciou um aumento de 8,8% no preço da gasolina e também de 5,5% no preço do diesel nas refinarias.
De acordo com a companhia o reajuste aconteceu devido ao movimento da alta dos preços internacionais do petróleo nos últimos dias, onde a valorização do barril de petróleo atingiu o patamar de 7,5%.

Através de sua assessoria de imprensa, a Estatal destacou que os aumentos dos preços são fundamentais para suprir o mercado brasileiro de combustível, evitando assim qualquer tipo de desabastecimento.

Na tentativa de segurar os aumentos, o governo federal, por sua vez, decidiu então segurar a cobrança do PIS/COFINS do diesel e também do GLP.

Biogás como uma importante alternativa nesse cenário

Diante do aumento do combustível fóssil, a produção de biogás pode encontrar uma nova oportunidade na matriz energética brasileira de acordo com a ABiogás.
O crescimento de veículos preparados para esse tipo de combustível já está em constante crescimento e mesmo com os desafios e entraves que a pandemia do novo coronavirus trouxe, os investimentos sustentáveis não pararam.

Um levantamento desenvolvido pela ABiogás mostra que o potencial de biometano no país é enorme e que se o mesmo fosse realmente aproveitado poderia substituir em 70% a demanda utilizada em diesel no Brasil. “Cálculos apontam que o biogás gera uma economia de 20% a 30%, quase R$ 1 por litro equivalente de diesel. A redução das emissões de CO2 pode chegar a 96% na substituição do combustível fóssil” reforça a instituição.

Além disso, a instituição também destacou que o biogás possui inúmeras vantagens sobre os combustíveis fósseis, sendo além de ambientalmente correto, uma opção com previsibilidade econômica visto que o mesmo não depende de fatores extras de correção, como os preços internacionais usados na cotação do petróleo.

“A ABiogás acredita que o biometano pode ser uma alternativa para diversificar a matriz de combustíveis no Brasil, principalmente em um contexto de aumento de preços dos combustíveis fósseis atrelados ao barril de petróleo e ao dólar. O biogás, ao contrário, proporciona maior previsibilidade econômica, por não estar condicionado a estes fatores de correção” afirma a instituição.
Fonte: Biomassa BR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *