Confiança do empresariado baiano exibe nova queda em março

Opção para alta da gasolina e etanol, GNV sobe 39%
06/04/2021
Venda de veículos aumenta 15,78% em março, aponta Fenabrave
07/04/2021
Mostrar tudo

SEI / BA

O Indicador de Confiança do Empresariado Baiano (ICEB), índice que avalia as expectativas do setor produtivo do estado, calculado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), apresentou, em março, um quadro de menor confiança comparativamente ao observado no mês anterior. Com este recuo, o terceiro após sete altas mensais consecutivas, o pessimismo aumentou e a confiança empresarial se afastou mais um pouco da trajetória de recuperação iniciada em junho passado.

Numa escala que pode variar de -1.000 a 1.000 pontos, o ICEB marcou -287 pontos, revelando-se negativo pela 13ª vez consecutiva. Com o recuo mais recente, a confiança do empresariado local retornou para a zona de Pessimismo após seis meses.

O resultado do mês de março representou uma queda de 98 pontos em relação ao observado em fevereiro (-189 pontos). Num comparativo com o registrado um ano antes (-95 pontos), a piora foi de 192 pontos.

O recuo no nível de confiança de fevereiro a março aconteceu de forma generalizada, visto que evidenciou o retrocesso nos indicadores de todas as quatro atividades. No comparativo com o mesmo mês do ano antecedente, todos os setores analisados também apresentaram recuo.

Do conjunto avaliado, os itens situação financeira, PIB estadual e abertura de unidades apresentaram os indicadores de confiança em pior situação no mês. Em contrapartida, as variáveis exportação, PIB nacional e inflação foram aquelas com as melhores expectativas do empresariado baiano.

O boletim completo com as análises referentes ao mês de março pode ser acessado diretamente do site da SEI clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *