Larco Petróleo amplia atuação para fora do estado e gera novos empregos

STF julga hoje ação que tenta barrar privatização de refinarias da Petrobras
30/09/2020
Petrobras eleva preço do diesel em 3% e o da gasolina em 5% a partir de quarta
30/09/2020
Mostrar tudo

Correio da Bahia

O combustível do crescimento na pandemia

Há pouco mais seis meses, quando o Brasil e o mundo viram o isolamento social colocar a economia em um caminho de incertezas, o diretor de operações Márcio Salles ingressava na Larco Petróleo, distribuidora de combustível que em 2020 completou 20 anos de história, com a missão de manter a empresa em expansão durante a pandemia de covid-19.

“Em todos os anos que tenho na indústria de combustíveis, já enfrentei diversos desafios, mas esse tem sido particularmente intenso. Crescer contra a maré de retração provocada pela pandemia tem sido um passo de grande ousadia da Larco”_ Márcio Salles, diretor de operações

Depois inaugurar uma nova base de armazenagem, que contou com um aporte de R$ 10 milhões em Luís Eduardo Magalhães, em março, a Larco Petróleo colocou a décima segunda base em operação, em agosto, no município de Jequié, investindo R$ 14 milhões no reforço de todo o abastecimento da região.

“Temos o entendimento que expandir a nossa empresa para uma nova região é apostar no desenvolvimento daquele local. Com o aumento da capacidade do nosso serviço, geramos 250 vagas de emprego direta e indireta e em um momento de incertezas para tantas famílias, isso é fundamental”, afirma Márcio.

O município, que é referência em abastecimento de combustíveis graças ao oleoduto que interliga o terminal de Madre de Deus, no recôncavo, e o sudoeste do estado, agora ganha um reforço na estrutura de abastecimento através da base da Larco, que engloba uma área total de 20 mil metros quadrados, e tem capacidade para armazenar aproximadamente quatro milhões de litros de combustível estático nos primeiros seis meses. A estimativa inicial de vendas é de oito milhões de litros por mês.

Além do incremento nos postos de emprego, a nova base da Larco beneficia diretamente a economia geral da região, segundo o gerente da base de Jequié, Artur Angelis. A instalação da nova estrutura vai beneficiar o abastecimento de diversos postos próprios e também postos de bandeira branca, diversificando as opções principalmente no escoamento da produção do agronegócio.

“Nossos avanços têm ocorrido de forma estratégica. Com essa nova base, poderemos aumentar a nossa presença em áreas de grande importância para a geração de riqueza do estado, como Vitória da Conquista e outros municípios da região”_Artur Angelis, gerente da base de Jequié

Crescimento social
De acordo com o diretor executivo da Larco, Alberto Costa Neto, o trabalho de expansão tem dado frutos incontestáveis já que, no mês de julho, a empresa bateu recordes de faturamento em seus 20 anos de história.

“Colocamos o pé no acelerador com cautela e estamos tendo excelentes resultados, porém defendemos a política de desenvolver o local junto conosco e criar uma verdadeira relação de parceria”_ Alberto Costa Neto, diretor executivo da Larco

Durante a pandemia, a instituição doou R$ 80 mil em combustível para entidades dedicadas ao combate do Novo Coronavírus na Bahia.

Nacionalmente, a distribuidora opera em 8 estados, sendo que o segundo semestre deste ano foi marcado pela abertura de novos mercados em São Paulo e Mato Grosso, consolidando ainda mais suas operações nas regiões Sudeste e Centro Oeste.

Nacionalmente, a Larco Petróleo opera no Sudeste e Centro-Oeste
Segundo o diretor executivo da Larco, até o final do ano a empresa prevê inaugurar uma base no estado de Alagoas, que vai operar junto às usinas de álcool da região e, outra unidade em São Paulo, na cidade de Paulínea.

Números:
20 anos de história
2 novas bases inauguradas na Bahia, em 2020
R$ 24 milhões de investimento total, no estado
250 novos postos de trabalho em Jequié
50 novos postos de trabalho em LEM
R$ 80 mil em combustível doado para o combate à pandemia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *