Mercado de veículos eletrificados deve crescer 42% em 2021

Entenda por que o etanol usado em veículos híbridos pode ajudar montadoras na transição
26/05/2021
Petrobrás tem time para evitar guinadas nos preços
26/05/2021
Mostrar tudo

Valor Econômico

O incipiente mercado brasileiro de veículos eletrificados teve desempenho recorde no primeiro quadrimestre deste ano. Segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), as vendas do segmento cresceram 29,4% nos primeiros quatros meses, com 7.290 unidades emplacadas, na comparação com o mesmo período de 2020. As estatísticas incluem automóveis e comerciais leves e excluem ônibus, caminhões e motos. Para este ano, a entidade prevê aumento de 42% em relação aos 19.745 veículos emplacados em 2020, quando a quantidade de unidades vendidas superou em 66% a de 2019.

Os números são claros: apesar da expansão, o mercado ainda é pequeno. “Em 2020, os elétricos e híbridos [modelos dotados também de motor a combustão] chegaram pela primeira vez a 1% das vendas totais no Brasil. Em abril, atingiram 1,6%, mas seguimos distantes dos principais mercados globais”, diz o presidente da ABVE, Adalberto Maluf. “Se considerados só os veículos elétricos com recarga externa, a fatia é de apenas 0,2% do mercado brasileiro em 2020, em contraste com os 4,6% do resto do mundo”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *