Novo tributo terá alíquota de 12% e substituirá PIS/Cofins

Quarta-feira é dia de plantão jurídico trabalhista no Sindicombustíveis Bahia
21/07/2020
MME quer mais países produzindo etanol no mundo; proposta integra Plano Nacional de Energia 2050
22/07/2020
Mostrar tudo

Fonte: Valor Econômico

A Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS), que deve substituir o PIS/Pasep e a Cofins, acabará com um emaranhado de uma centena de regimes especiais que representam subsídios tributários. Acabará, também, com uma criação da burocracia nacional, a cobrança do tributo “por dentro”, que consiste na inclusão do próprio imposto na sua base de cálculo. A alteração permitirá que o contribuinte saiba exatamente o que está pagando.
A CBS é a primeira parte da reforma tributária concebida pela área econômica do governo. Será cobrada “por fora” a uma alíquota de 12% – considerada alta demais por especialistas – e incidirá sobre a receita bruta da empresa.
Ao eliminar do regime tributário a cobrança “por dentro”, a proposta entregue ontem pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), encerra um grande contencioso judicial.
Para ler esta notícia, clique aqui.
https://valor.globo.com/impresso/noticia/2020/07/22/novo-tributo-tera-aliquota-de-12-e-substituira-pis-cofins.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *