Petróleo fecha em alta, com especulação sobre decisões da Opep+ e estoques

Petrobrás: risco de ações na Justiça levou conselheiros a pedirem para não ter mandatos renovados
04/03/2021
Petrobras investe para ampliar produção de diesel S-10 na Reduc
04/03/2021
Mostrar tudo

IstoÉ Dinheiro

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira, observando as possíveis tratativas da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+). A informação de que alguns importantes integrantes do grupo teriam interesse em manter a produção inalterada em abril, contrariando a percepção entre analistas de que haverá redução de cortes, impulsionou os preços da commodity. Nos Estados Unidos, a publicação dos dados sobre estoques semanais mostraram grandes variações, repercutindo os impactos das condições climáticas no sul do país.
O petróleo WTI para abril fechou em alta de 2,56% (+US$ 1,53), cotado a US$ 61,28 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), enquanto o Brent para maio subiu 2,19% (+US$ 1,37), a US$ 64,07 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE).
A reunião da Opep+, que ocorre nesta quinta-feira, 4, seguiu sendo alvo de atenção no mercado de petróleo. Segundo a Reuters, alguns dos principais integrantes do cartel sugeriram manter a produção inalterada em abril, de acordo com três fontes da própria Opep+.
O cenário, diferente das expectativas do mercado, levou a um aumento nos preços do barril. Até então, o consenso era de que a produção seria incrementada em 500 mil barris ao dia, aponta o Commerzbank, além da retirada dos cortes voluntários da Arábia Saudita, o que aumentaria a oferta em 1,5 milhão de barris ao dia no total.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *