Petróleo fecha em alta forte, após dado de estoque nos EUA

Leilão da cessão onerosa deve ocorrer em dezembro deste ano
22/07/2021
Transportadores de combustíveis entram em “estado de greve” para reduzir alíquota de ICMS
22/07/2021
Mostrar tudo

Valor Econômico

Os futuros do petróleo fecharam a quarta-feira (21) em alta firme, impulsionados pelo declínio nos estoques de petróleo bruto no centro de armazenamento de Cushing, Oklahoma, que registraram, hoje, o nível semanal mais baixo desde o início de 2020.
A alta ocorre também na esteira da recuperação dos ativos de risco nos mercados globais, após as perdas fortes observadas na segunda-feira (19). Nem mesmo a primeira alta nos estoques semanais totais de petróleo dos Estados Unidos, desde maio, foi capaz de retirar a demanda pela commodity nesta quarta-feira.
Na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para setembro fecharam em alta de 4,61%, aos US$ 70,30 o barril. Na ICE, em Londres, os preços do Brent para entrega no mesmo mês avançaram 4,15%, negociados a US$ 72,23 o barril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *