Consumo do Ciclo Otto cresce 2,8% no mês de março

Relação entre etanol e gasolina em SP desacelera a 71,01% em abril
05/05/2017
Nesta sexta: Sindicombustíveis Bahia realiza Encontro de Jequié e Curso de Atualização da NR20
05/05/2017
Mostrar tudo

Fonte: novaCana.com
A demanda de combustíveis apresentou alta no terceiro mês de 2017. Na comparação com março de 2016, o mês representou um crescimento de 2,8% na demanda por gasolina e etanol (convertido em gasolina equivalente).
Segundo números da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o consumo do ciclo Otto (menos GNV) atingiu um volume de 4,66 bilhões de litros no último mês. No ano passado, o volume consumido em março foi de 4,533 bilhões de litros.

Na comparação mês a mês, o crescimento foi maior. Em relação a fevereiro, quando foram consumidos 4,158 bilhões de litros de combustíveis, os volumes aumentaram 10,63%.

Consumo de etanol é 11% menor
Apesar de uma maior demanda no volume consumido de combustíveis, a demanda por etanol hidratado em março foi menor na comparação com o mesmo mês de 2016. No período foram consumidos um pouco mais de 1 bilhão de litros de biocombustível de cana-de-açúcar. O volume é 11% menor do que o consumo registrado em março do ano passado.

Na comparação mês a mês, no entanto, há um crescimento de 16% no consumo em relação a fevereiro deste ano, quando foram consumidos 865 milhões de litros.

No acumulado de 2017, a quantidade de etanol consumida até março é 20,95% menor do que o total demandando no mesmo período de 2016. O consumo do renovável foi de 2,755 bilhões de litros, frente a um total de 3,485 bilhões no primeiro trimestre do ano anterior.

Consumo de gasolina cresce em março
Já o consumo do combustível fóssil cresceu em março na comparação com o mesmo mês de 2016. Com um total consumido de 3,948 bilhões de litros no mês, o volume representou um aumento de mais de 5,75% na comparação com março do ano passado, quando foram utilizados 3,733 bilhões de litros de gasolina.
Na comparação mês a mês, o crescimento foi ainda maior, superando 11% em relação aos 3,546 bilhões de litros consumidos em fevereiro deste ano.
Já no cumulado, o consumo de janeiro a março de 2017 foi de 11,217 bilhões de litros, contra 10,518 bilhões de litros no mesmo período de 2016. Dessa maneira, o volume de gasolina demandado no trimestre foi 6,64% maior do que o consumido no mesmo intervalo do ano passado.

Etanol recupera preferência
Com o aumento do consumo de etanol em março (na comparação com fevereiro), a participação do etanol hidratado na preferência do consumidor em relação à gasolina registrou um avanço. A preferência do consumidor foi de 15,27% em março, frente a um índice de 14,71% em fevereiro. Em São Paulo, esse índice também cresceu e chegou a 30,64% no mês de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *