Cosan reverte prejuízo e lucra R$327,5 mi no 3° trimestre

Indústria do petróleo comemora vitória de Trump e espera menos burocracia
10/11/2016
Shell prevê investir US$ 10 bi no Brasil
10/11/2016
Mostrar tudo

Fonte: Reuters

A empresa de infraestrutura e energia Cosan informou nesta quarta-feira que teve lucro líquido de 327,5 milhões de reais no terceiro trimestre, ante prejuízo de 17,2 milhões de reais no mesmo período de 2015.
A Cosan também informou que a Raízen, joint venture da empresa com a Shell, moeu 25,7 milhões de toneladas de cana no segundo trimestre da safra 2016/17, avanço de 6 por cento na comparação com o mesmo período da temporada anterior, principalmente devido ao clima mais seco, que beneficia moagem.
A receita líquida da Raízen Energia foi de 3,15 bilhões de reais, alta de 19,4 por cento sobre um ano antes, refletindo melhores preços médios e maiores volumes de etanol e energia vendida, apesar da redução no volume de vendas de açúcar.
A comercialização de açúcar somou receita líquida de 1,44 bilhão de reais, recuo de 1 por cento. As vendas de etanol subiram 24,1 por cento, para 1,4 bilhão de reais.
Na Raízen Combustíveis, a receita líquida subiu 11,1 por cento na comparação anual, para 17,4 bilhões de reais.
O volume total vendido pela empresa de combustíveis somou 6,3 milhões de metros cúbicos (m³), queda de 2,8 por cento ante mesmo período de 2015. As vendas de gasolina subiram 8,5 por cento, para 2,13 milhões de m³.
A Cosan fechou o trimestre com lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 1,42 bilhão de reais no período, alta de 46 por cento na comparação anual.

Projeções
A Cosan manteve as projeções de receita líquida proforma em 2016 de 45 bilhões a 48 bilhões de reais.
Já na Raízen Energia a previsão para a temporada foi reduzida na moagem, para 59 milhões a 61 milhões de toneladas na safra 2016/17, ante 60 milhões e 64 milhões de toneladas anteriormente. Em 2015/16, a moagem alcançou 62,7 milhões de toneladas.
A projeção para produção de açúcar na atual temporada foi mantida pela Raízen Energia na faixa entre 4,2 milhões e 4,6 milhões de toneladas.
Na Raízen Combustíveis, a geração de caixa medida pelo Ebitda foi estimada em entre 2,55 bilhões e 2,7 bilhões de reais, ante entre 2,35 bilhões e 2,7 bilhões antes.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *