Opep mantém compromisso com acordo para reduzir produção, diz secretário-geral

Venda de veículos recua 17,2% em outubro, na comparação anual, diz Anfavea
07/11/2016
Petrobras lança medidas para reduzir burocracia interna
07/11/2016
Mostrar tudo

Fonte: DCI

ABU DABI – A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) continua comprometido em seguir adiante com o acordo preliminar fechado em setembro para reduzir a produção do grupo, afirmou hoje o secretário-geral da Opep, Mohammed Barkindo.
A expectativa é que Opep finalize o acordo no fim do mês, quando o cartel fará reunião de cúpula em Viena.
Barkindo falou durante uma conferência da indústria petrolífera em Abu Dabi. Segundo líderes que participam do evento, o mercado internacional de petróleo já atingiu o fundo do poço, mas é incerto quanto tempo continuará nessa situação.
Produtores anseiam a recuperação do preço do petróleo, que hoje está abaixo de US$ 50 por barril, ante mais de US$ 100 por barril em meados de 2014, mas a Opep reluta em cortar sua produção.
Pelo acordo de setembro, fechado na Argélia, a Opep estudaria a possibilidade de reduzir sua produção diária a 32,5 milhões de barris a 33 milhões de barris, o que representaria um corte de 700 mil barris, ou 2% do total.
No encontro de hoje, Barkindo também alertou que os investimentos de petrolíferas em exploração e produção sofreram uma inédita queda por três anos. Fontes: Dow Jones Newswires e Associated Press.
Estadão Conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *