Petrobras começa a vender campos baianos

Opep fecha a torneira
04/12/2016
Nissan testa no Paraná carro elétrico movido a hidrogênio e etanol
05/12/2016
Mostrar tudo

Fonte: A Tarde

(Coluna Tempo Presente) – A Petrobras vai receber segunda, em sua sede, no Rio, as propostas de empresas interessadas na aquisição de campos terrestres de petróleo e gás do Espírito Santo até o Ceará, o que inclui os polos de Buracica, nos municípios de Catu e Alagoinhas, mais petróleo, e Miranga, em Pojuca, que é mais gás. No país, serão vendidos no total dez polos, um total de 98 concessões de produção, além de seis blocos exploratórios, somando 104 concessões terrestres.
Na prática, é a Petrobras se despedindo da Bahia. A empresa ainda tem aqui campos na área de Esplanada, Araçás, num total de 66, mas a tendência é ficar apenas com o campo de gás de Manati, no mar, em Cairu.
Radiovaldo Costa, diretor do Sindipetro, diz que a Petrobras trata o fato como ‘venda de ativos’, mas a visão dele é outra:
– Para nós, é uma privatização maquiada.
Na Bahia há 1.100 funcionários da Petrobras ligados ao setor e cerca de cinco mil terceirizados. Os primeiros serão transferidos. Os segundos, demitidos.
Na justiça — O Sindipetro promete brigar na Justiça contra as vendas. Diz que a Petrobras trata o assunto com muito sigilo. E também o momento, com o petróleo em baixa, é inoportuno: a desvalorização é grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *