Petrobras não cumprirá meta de desinvestimentos no biênio 2017-2018, diz CEO

CEO da Petrobras não teve convite de Bolsonaro para ficar, mas diz que pode conversar
06/11/2018
Participação do pré-sal na produção nacional de óleo e gás é recorde
06/11/2018
Mostrar tudo

Fonte: Reuters

A Petrobras não conseguirá atingir sua meta de desinvestimentos de 21 bilhões de dólares para o biênio 2017 e 2018, devido a impasses judiciais para vender importantes ativos, como unidade de gasodutos no Nordeste (TAG) e fatias em refinarias, disse o presidente-executivo da estatal, Ivan Monteiro.
Em entrevista a jornalistas para comentar os resultados trimestrais da empresa, Monteiro afirmou ainda que processos de vendas de ativos em curso não tiveram influência das eleições.
Ele comentou que a empresa deverá ter desinvestimentos de 7,5 bilhões de dólares em contratos assinados neste ano —os diretores não foram claros sobre o total esperado em vendas no biênio.
A negociação da TAG foi suspensa por uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, que exigiu que vendas de subsidiárias por estatais sejam aprovadas antes pelo Congresso. Para vender, a empresa precisa derrubar a decisão do tribunal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *