ANP fará TPC para incentivar investimentos no desenvolvimento da produção
26/10/2018
Petrobras negocia venda de refinaria nos EUA com Chevron, dizem fontes
26/10/2018
Mostrar tudo

Fonte: Valor Econômico

O governo que assumirá o poder em 2019 terá que decidir se preservará ou reorientará as diretrizes da política adotada no governo Temer. A questão mais premente é a política de preços dos derivados. O ambiente petrolífero global indica que o preço do petróleo permanecerá fortemente volátil, e essa volatilidade, assim como ocorre com o câmbio, é destrutiva da atividade econômica, como ficou demonstrado na greve dos caminhoneiros.
É consensual a necessidade de um mecanismo para mitigar o repasse dessa volatilidade para os preços dos derivados. No entanto, não há consenso quanto ao mecanismo mais adequado. A ANP, após consulta pública, ofereceu a proposta do uso de fórmulas paramétricas na fixação dos preços combustíveis.
Para ler na íntegra, clique aqui.
https://www.valor.com.br/opiniao/5950315/politica-petrolifera-em-questao

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *