Preços da gasolina devem ser maiores em 2017

Shell dá pequeno empurrão em carros a hidrogênio da Toyota
22/02/2017
Senador de Mato Grosso pede elevação da mistura do biodiesel para 10% nos próximos seis meses
22/02/2017
Mostrar tudo

Fonte: UDOP

A melhora na demanda e o recente acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), criaram um ambiente de alta nos preços do petróleo desde o fim do ano passado, tendência essa que deve permanecer por todo o ano de 2017. De acordo com o Departamento de Informação de Energia dos EUA (EIA), o preço médio do petróleo WTI deve ser de US$ 52,20/barril em 2017, acima dos US$ 43,15/barril na média de 2016.

Neste cenário, a produção e o consumo de óleo e seus derivados devem continuar crescendo até 2018, mas será o consumo que crescerá a taxas proporcionalmente maiores do que a produção. Como resultado, o balanço global tende a ficar mais apertado. Segundo o EIA, a produção mundial de óleo e de seus derivados deve subir de 97,5 milhões em 2017, para 98,9 milhões de barris por dia em 2018.

Uma vez que boa parte do corte da produção da OPEP deverá ser compensada pelo aumento da produção de petróleo nos EUA no curto prazo, os preços da gasolina devem subir significativamente em 2017. Tomando como base a gasolina RBOB, é possível observar um potencial de aumento de 16% nos preços durante a primavera no hemisfério Norte, período pelo qual é bastante aquecida a demanda por combustíveis.

Fonte: Datagro
Texto extraído do portal Uagro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *