Preços do petróleo atingem máxima de 7 meses com produtores vendo mercado em equilíbrio

Gasolina fica mais cara e custa, em média, R$ 3,87 no Brasil
25/09/2017
Etanol: hidratado sobe 0,59% e anidro cai 0,22% na semana
25/09/2017
Mostrar tudo

Fonte: Udop
Os preços do petróleo avançavam nesta segunda-feira para a máxima de sete meses depois que os grandes produtores disseram que o mercado global estava no caminho para o reequilíbrio em uma reunião em Viena.

O petróleo Brent subia 0,88 dólar, ou 1,55 por cento, a 57,74 dólares por barril, às 8:37 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,45 dólar, ou 0,89 por cento, a 51,11 dólares por barril

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo, a Rússia e vários outros produtores reduziram a produção em cerca de 1,8 milhão de barris por dia (bpd) desde o início de 2017, ajudando a elevar os preços do petróleo em cerca de 15 por cento nos últimos três meses.

O ministro do Petróleo do Kuweit, Essam al-Marzouq, que presidiu a reunião de sexta-feira em Viena do Comitê de Monitoramento Ministerial Conjunto, disse que os limites da produção estavam ajudando a reduzir os estoques de petróleo globais para sua média de cinco anos, a meta declarada da Opep.

O ministro de Energia da Rússia disse que nenhuma decisão sobre o aumento dos limites de produção para além do final de março é esperada antes de janeiro, embora outros ministros tenham sugerido que tal decisão pode ser tomada antes do final deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *