Preços do petróleo tem alta, mas devem ter 6ª perda semanal

Receita cria lista com suspeitos de crimes
16/11/2018
Venda de gasolina despenca e provoca queda do varejo na Bahia
16/11/2018
Mostrar tudo

Fonte: G1

Os contratos futuros do petróleo avançavam nesta sexta-feira (16), com a esperança de que sejam feitos acordos de cortes de oferta na reunião da Opep em 6 de dezembro, mas ainda não conseguiam se recuperar das recentes perdas, dadas as preocupações sobre o excesso de oferta.
O petróleo Brent subia 1,4 dólar, ou 2,1%, a US$ 68,02 por barril, por volta das 9h15 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 1,08 dólar, ou 1,91%, a US$ 57,54 por barril.
Os preços do Brent estão se recuperando há três sessões desde que atingiram uma mínima de oito meses na terça-feira, mas ainda permaneciam no caminho para registrar uma perda semanal de cerca de 4%.
Com o petróleo dos Estados Unidos caminhando para registrar uma perda semanal de cerca de 5,3%, ambos os contratos devem ter a sexta queda semanal consecutiva.
Os preços eram sustentados principalmente pelas expectativas de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) comece a reduzir a oferta em breve, temendo uma repetição da trajetória de preços de 2014.
“Provavelmente, a partir de dezembro, teremos pelo menos 1 milhão de barris por dia exportados a menos”, disse Harry Tchilinguirian, diretor global de estratégia de mercados de commodities do BNP Paribas, ao Reuters Global Oil Forum.
Tchilinguirian disse que não ficaria surpreso se o Brent atingisse 80 dólares o barril este ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *