Táxi explode durante abastecimento e destrói posto de combustível em Fortaleza

Preços da gasolina e do diesel continuam a subir em todo o Brasil
28/12/2016
Sindicombustíveis Bahia promove campanha de doação para o Hospital Martagão
28/12/2016
Mostrar tudo

Fonte: Tribuna do Ceará

Uma bomba de gás explodiu e destruiu um táxi, nesta segunda-feira (26), em Fortaleza. O acidente deixou estraçalhado o posto de gasolina, na Avenida Sargento Hermínio. Apesar do impacto, não há informações de feridos. Os bombeiros não concederam entrevista à reportagem da TV Jangadeiro que estavam no local.
Antes da explosão, na hora do abastecimento, o taxista desceu do carro para ir ao banheiro. O frentista ligou a bomba ao carro e ficou mais longe na hora de abastecer. Por sorte, não se feriram.
“Nunca desço do carro, mas dessa vez fui ao banheiro e escutei o barulho dentro do banheiro. Quem serve a Deus é assim mesmo”, agradece José Roberto dos Santos, dono do carro e taxista.
As causas da explosão ainda não foram esclarecidas. O veículo tem apenas duas semanas de uso e o gás natural foi instalado há apenas uma semana. Ainda de acordo com o dono do veículo, ele sempre utilizou carros com gás natural.
O posto de gasolina ficou totalmente destruído e o cilindro do gás de natural atravessou a parede do estabelecimento. Além disso, a bomba de gás que abastecia o carro foi parar do outro lado da avenida. Segundo os moradores do local, o impacto foi ouvido há 400 metros de distância do posto.
Nota
O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos), por nota, esclareceu que o acidente foi pontual, não sendo comum a ocorrência em outros estabelecimentos. Além disso, enviou uma comissão para investigar as causas da explosão.
“O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos) esclarece que os postos cumprem com todas as normas de saúde e segurança do trabalho e o incidente ocorrido no Posto Jotacar foi um caso pontual e não apresentou vítimas. Uma comissão do Sindipostos se dirigiu ao local e está aguardando a Perícia, que irá apurar as devidas causas do acidente”.

Assista o vídeo:

Táxi explode durante abastecimento e destrói posto de combustível em Fortaleza

Vizinhos de posto que explodiu pedem retirada do estabelecimento por medo de acidentes

Os moradores das proximidades da Avenida Sargento Hermínio, em Fortaleza, devem realizar um abaixo assinado para pedir a retirada do posto de gasolina que explodiu, nesta segunda-feira (26). Em entrevista à reportagem da TV Jangadeiro/SBT, vários moradores relatam que vivem com medo devido à presença do estabelecimento na região.
De acordo com o José Luiz, vizinho do local do acidente, o vazamento de gás no posto é um fato constante. “Aqui é comum se ver vazamento de gás. Precisa ser feito uma reforma para evitar um problema seríssimo mais adiante. Há pelo menos três anos teve outro acidente envolvendo vazamento de combustível. Da última vez, nada foi feito”, relatou.
Outro morador, identificado como Roberto, garante que o posto virou uma ameaça aos moradores da região. “Já teve um vazamento de gás durante a madrugada que tivemos que sair correndo com medo de acontecer alguma coisa. Nós estamos com medo”, disse.
Segundo o motorista do veículo, identificado como José Roberto, o carro da marca Corola havia sido adquirido há apenas duas semanas para a realização do serviço, e que o cilindro de gás havia sido instalado há uma semana.
O posto de gasolina ficou totalmente destruído e o cilindro do gás natural atravessou a parede do estabelecimento. Além disso, a bomba de gás que abastecia o carro foi parar do outro lado da avenida. Segundo os moradores do local, o impacto foi ouvido a 400 metros de distância do posto.
Conforme um porteiro de um prédio residencial em frente ao posto de gasolina, o impacto foi tão forte que todo o chão tremeu. “No momento da explosão tudo começou a tremer. O impacto foi tão forte que eu caí da cadeira. Ficamos muito desesperados aqui”, contou.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *