Gasolina cai ao menor valor em quase 3 anos no Brasil, diz pesquisa

Rever ativos foi ‘banho de sangue’, diz Petrobrás
20/05/2020
Coronavírus: riscos dos usos inadequados de etanol combustível
20/05/2020
Mostrar tudo

Fonte: Reuters

O preço médio da gasolina vendida nos postos de combustíveis do Brasil caiu 11% na primeira quinzena de maio ante o mesmo período do mês anterior, para 3,985 real por litro, o menor médio valor desde agosto de 2017, mostraram dados da Ticket Log nesta segunda-feira.

O recuo ocorre diante de uma retração de cerca de 40% neste ano dos valores da gasolina vendida pela Petrobras nas refinarias às distribuidoras de combustíveis, na esteira dos impactos do novo coronavírus no mercado global, que reduziu a demanda por petróleo e seus derivados.

A Ticket Log pontuou, no entanto, que aumentos recentes realizados pela petroleira estatal nos preços do combustível fóssil, como reflexo de uma leve recuperação no mercado internacional, ainda não se refletiram nas cobranças nas bombas.

“Percebemos que o preço da gasolina segue fazendo frente competitiva na relação com o etanol em todo o País. Quando consideramos a relação de margem de vantagem, o combustível se mantém acima dos 70%, em relação ao preço médio do etanol, o que é uma opção mais econômica para os motoristas”, disse em nota o chefe de Mercado Urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina.

“É um cenário que deve permanecer pelos próximos dias, considerando que a alta nas refinarias não impacte de forma imediata nas bombas, devido a fatores como o estoque dos postos”, disse Pina.
Em algumas regiões do Brasil, como o Estado de São Paulo, principal centro consumidor de combustíveis do país, o etanol está mais vantajoso, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *