Presidente da Petrobras recebe caminhoneiros para discutir preços do diesel

Petrobrás se desfaz das ações que ainda tem na BR Distribuidora nesta quarta-feira
30/06/2021
IBP destaca importância de simplificação tributária nas vendas de combustíveis
30/06/2021
Mostrar tudo

EPBR

O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, recebeu nessa terça (29/6) a diretoria do Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC). A associação convocou uma greve dos caminhoneiros para 25 de julho.
— “O transporte modal rodoviário é muito importante para o Brasil. A Petrobras busca compreender os atores da sociedade, avalia a melhor forma de contribuir com todos eles e está sempre aberta ao diálogo”, afirmou Silva e Luna, segundo nota da Petrobras.
— Setores da categoria querem o fim da paridade internacional de preços dos combustíveis, prática da Petrobras iniciada no governo Temer, com Pedro Parente, que foi alvo da greve dos caminhoneiros de 2018.
— Em maio, a CNTRC defendeu a taxação de exportações de óleo em carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Os recursos advindos da taxação na exportação de petróleo bruto poderão ser utilizados para compensar Estados e União na redução de impostos sobre combustíveis”, diz o documento.
— “Passamos para ele [Silva e Luna] a nossa pauta e falei sobre a realidade das estradas, as dificuldades que a categoria está passando. Fomos bem recebidos e se abriu um diálogo, criamos uma agenda de trabalho e vamos ter outra reunião”, afirmou Plínio Nestor Dias, presidente do sindicato, ao Broadcast.
— A Petrobras, por sua vez, mantém os preços do diesel congelados desde 1º de maio, quando foi feito um corte de 2% nos valores, no primeiro reajuste da gestão Silva e Luna.
— Não impede, contudo, o aumento dos preços ao consumidor. A prévia da inflação de junho (IPCA-15, do IBGE) apontou alta de 3,53% nos preços do diesel; a gasolina subiu 2,86%; o etanol ficou 9,12% mais caro; e o gás veicular, 12,41%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *