Redução na mistura de biodiesel vai chegar à inflação

‘Biocombustível do futuro’ pode ser o hidrogênio e o H-Bio melhorado
15/04/2021
Usinas mantiveram oferta total de biodiesel no L79 apesar do B10
15/04/2021
Mostrar tudo

Folha de S.Paulo

A previsibilidade é fundamental para o setor de energia, e os consumidores sempre pagam a conta toda vez que ela é quebrada.
A avaliação é de Erasmo Carlos Battistella, fundador e presidente-executivo do ECB Group e presidente do conselho de administração da Aprobio (Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil).
Ele se refere à redução da mistura de biodiesel de 13% para 10% pelo governo na semana passada. A ação governamental visou minimizar o impacto do preço diesel no mercado. Atualmente, o preço do biodiesel é mais elevado do que o do diesel.
Segundo Battistella, não foi levada em consideração, contudo, os pontos positivos do entorno desse combustível, como as funções ambientais, sociais e econômicas.
Os reflexos dessa redução serão muitos. Entre eles, uma exportação maior de soja “in natura”, redução de esmagamento interno e retração na mão de obra no setor. Este é o período de safra da soja e de planejamento pelas indústrias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *