Sindicato repudia aumento no preço de combustíveis: ‘desrespeitoso’

Sindicombustíveis Bahia parabeniza a PRF pelo trabalho ágil durante assalto de um caminhão-tanque
08/07/2021
Leve alta mantém trilha de recuperação da confiança do empresariado baiano em junho
09/07/2021
Mostrar tudo

A Tarde

O Sindicombustíveis Bahia emitiu uma nota de repúdio nesta terça-feira, 7, contra o aumento no preço dos combustíveis anunciado pela Petrobras na última segunda-feira, 5. A entidade considerou o ato ‘desrespeitoso, neste momento de pandemia’.

Com o novo reajuste, o preço do litro do combustível em alguns postos da capital baiana já passa de R$ 6.
“O Sindicombustíveis Bahia repudia veementemente mais um aumento no preço de combustíveis anunciado pela Petrobras para o dia 06/07/2021 e considera desrespeitoso, neste momento de pandemia, uma empresa monopolista continuar praticando essa política de preços baseada na PPI (Paridade do Preço Internacional) em prejuízo a toda uma nação”, diz a nota.

De acordo com o presidente da entidade, Walter Tannus Freitas, que assina a nota, “somente no Estado da Bahia, no segmento de postos de combustíveis, no ano de 2020, houve o fechamento de 5.000 (cinco mil) postos de trabalho. Nesse ano, a Petrobras já reajustou o preço da gasolina A em 47% e o diesel em 41%, sendo que a inflação nesse mesmo período foi de apenas 3,33%”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *