Etanol: hidratado fecha em alta de 5,99%; anidro valoriza 8,53%
08/06/2020
Diretoria do Sindicombustíveis Bahia teve reunião com a Coordenadoria de Petróleo e Combustíveis da Sefaz
08/06/2020
Mostrar tudo

Fonte: Correio da Bahia

Farol Econômico / Donaldson Gomes

Reflexo da retração econômica, o consumo de combustíveis no Brasil apresentou queda pelo segundo mês consecutivo. Em abril, foram comercializado no país 55,5 milhões de barris – o que representou uma queda de 16,6% em relação a março e de 23% em relação ao mesmo mês de 2019, segundo dados da ANP. No acumulado do ano, a perda é de 6,5%. Aqui na Bahia, a queda em relação a março foi de pouco mais de 14% e de 22% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano, a queda foi de 7,5%. Aqui na Bahia, as vendas de gasolina registraram uma queda de 22% em abril, na comparação com o ano anterior. No caso do etanol, a queda foi de 41%. Novamente, o único combustível que teve aumento de consumo foi o gás de cozinha, com alta de quase 10% em abril e de 7,3% no acumulado do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *