Maior parte dos candidatos à Presidência ignora RenovaBio

Auditório do Sindicombustíveis está disponível ao associado
13/09/2018
Aumento da produção da Opep derruba cotação
14/09/2018
Mostrar tudo

Fonte: Valor Econômico

Política criada em 2017 para ampliar a participação dos combustíveis renováveis na matriz de transportes e ajudar o Brasil a atingir compromissos assumidos no Acordo de Paris, o RenovaBio é mencionado em apenas dois programas de governo dos presidenciáveis melhor colocados nas pesquisas de intenção de voto: Marina Silva (Rede) e Álvaro Dias (Podemos).
No programa de Marina Silva, o RenovaBio é mencionado de forma direta, como uma política capaz de gerar empregos. “Projeções do Ministério de Minas e Energia apontam que a implementação do RenovaBio, compromisso que assumimos desde já, deverá criar 1,4 milhão de empregos nesse período [até 2030]”, diz o documento da candidata. Para ler esta notícia, clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *