Opep reduz mais a produção de petróleo em fevereiro

Sindicombutíveis Bahia realiza encontro em Eunápolis
13/03/2017
Datagro vê a possibilidade de o setor migrar mais para a produção de etanol em 2017
14/03/2017
Mostrar tudo

Fonte: Agência Estado

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reduziu ainda mais sua produção em fevereiro, com liderança da Arábia Saudita, em meio ao avanço nos preços da commodity, que tem contribuído para o aumento da produção de óleo de xisto nos EUA.
Em relatório mensal, a Opep informou que sua produção diminuiu 139,5 mil barris por dia (bpd) no mês passado, a 31,96 milhões de bpd. Apenas os sauditas cortaram sua produção em 68,1 mil bpd, a 9,8 milhões de bpd, pelo critério de informações obtidas de fontes secundárias.
A Arábia Saudita, maior produtor da Opep, já reduziu sua oferta em 797 mil bpd desde outubro, para um nível bem abaixo da cota de 10,058 milhões de bpd.
Desde o início do ano, a Opep e produtores de fora do grupo vêm cortando a produção, como parte de acordos para conter a oferta em cerca de 1,8 milhão de bpd.
Nem todos os integrantes da Opep, contudo, têm se esforçado tanto quanto a Arábia Saudita. Em fevereiro, o Iraque cortou sua produção em 62 mil bpd, a 4,414 milhões de bpd. O resultado, porém, continua 63 mil bpd acima de sua cota.
A recuperação do petróleo, que veio após os esforços da Opep e de outros grandes produtores de restringir a oferta, estimulou outros países a ampliar sua produção.
A Opep agora prevê que a oferta fora do grupo pode crescer 400 mil bpd este ano, a 57,74 milhões de bpd, o que representa uma revisão para cima de 160 mil bpd em relação à projeção anterior. A nova previsão vem em meio ao avanço da produção de óleo de xisto nos EUA.
Para a demanda mundial por petróleo em 2017, a Opep elevou sua projeção de crescimento levemente para 1,26 milhão de bpd, a 96,31 milhões de bpd.
A Opep também revisou a estimativa de expansão da demanda global em 2016, para alta de 1,38 milhão de bpd, a 95,05 milhões de bpd, mas manteve a da oferta fora do grupo, que contraiu 660 mil bpd no ano passado, a 57,34 milhões de bpd.
Pelo critério da comunicação direta, a Opep apontou que a produção saudita cresceu 263,3 mil bpd em fevereiro, a 10,01 milhões de bpd. Fonte: Dow Jones Newswires.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *