Petrobras estuda aumentar frequência de reajuste de preços dos combustíveis

Transpetro simula vazamento na capital paulista após aumento do número de furtos de combustível
14/06/2017
Reserve sua vaga no Encontro Nordeste que será na Bahia
14/06/2017
Mostrar tudo

Fonte: O Globo

A Petrobras estuda aumentar a frequência de reajuste dos preços dos combustíveis. A informação foi confirmada pelo presidente da petroleira, Pedro Parente, nesta terça-feira. A empresa reajusta o preço dos combustíveis hoje todos os meses, levando em conta o valor do preço do petróleo no exterior e da variação do dólar.

— Nós estamos nos dando conta que essa frequência de aumento não tem dado o resultado esperado. A volatilidade do preço do petróleo e do preço do câmbio, varia todo dia. Essa diferença a gente ainda está pensando como aproximar mais. Ainda não tem decisão. Temos apenas a constatação de que é essa ainda não é uma questão bem resolvida — disse Parente, após deixar reunião com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

O presidente da Petrobras disse que não há data para tomar uma decisão sobre o assunto, mas que isso está sendo discutido em um grupo de trabalho na petrolífera. A Petrobras pode, por exemplo, atualizar o preços dos combustíveis a cada 15 dias, mas a empresa ainda não bateu o martelo.

A empresa já constatou que o modelo atual não tem se mostrado eficiente para acomodar a volatilidade do câmbio e do preço do petróleo no exterior.

A empresa alterou, na semana passada, o modelo de reajuste do preço do gás de cozinha, atualizando o valor a cada mês. A referência para as mudanças também será seguir os preços internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *