Petróleo fecha em queda em meio a sentimento de aversão ao risco

Carro elétrico no Brasil está mais próximo da realidade
07/02/2018
TJ proíbe venda de etanol com mais de 20% de lucro em Cuiabá
07/02/2018
Mostrar tudo

Fonte: IstoÉ

Os contratos futuros do petróleo fecharam em queda nesta terça-feira, 6, com o barril do WTI marcando seu pior resultado em quase três semanas, pressionados pela aversão ao risco após o tombo de segunda-feira do mercado de ações dos Estados Unidos.
Na Nymex, o petróleo WTI para março recuou a US$ 0,76 (1,18%) e fechou a US$ 63,39 por barril. Já na ICE, em Londres, o Brent para abril caiu US$ 0,76 (1,12%) e fechou a US$ 66,86 por barril.
O contrato sofreu o impacto da aversão ao risco após a forte queda das bolsas americanas na segunda-feira. Além disso, há preocupações sobre o aumento dos estoques e da produção norte-americana da commodity.
O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos Estados Unidos aumentou suas previsões para a produção de petróleo no país em 2018 e 2019, de acordo com o relatório mensal divulgado pelo departamento.
O DoE prevê a produção de petróleo nos EUA em uma média de 10,59 milhões de barris por dia em 2018 e em 11,18 milhões de barris por dia em 2019, com ambas as perspectivas em alta superior a 3% em relação às previsões anteriores.
O DoE também elevou suas previsões de preços de 2018 para o petróleo WTI em 5,3%, com uma média de US$ 58,28 por barril, enquanto a expectativa para o preço do Brent foi elevada para US$ 62,39 por barril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *