Preços do petróleo sobem com expectativas de cortes prolongados na produção

Cotação do petróleo deveria estar US$ 15 mais alta, diz analista
10/09/2019
ANP realiza primeiro leilão da Oferta Permanente, com 273 blocos exploratórios e 14 áreas inativas
10/09/2019
Mostrar tudo

Fonte: Reuters

Os contratos futuros do petróleo subiam nesta terça-feira para seus níveis mais altos em quase seis semanas, com o otimismo de que a Opep e outros países produtores concordem em estender cortes na produção para apoiar os preços.
O petróleo Brent LCOc1 subia 0,4 dólar, ou 0,64%, a 62,99 dólares por barril, às 10:42 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos CLc1 avançava 0,25 dólar, ou 0,43%, a 58,1 dólares por barril.
O Brent chegou a atingir seu maior nível desde 1º de agosto, enquanto o petróleo dos EUA tocou seu nível mais alto desde 31 de julho na sessão desta terça-feira. Os dois índices chegaram a avançar mais de 1% no dia.
O príncipe Abdulaziz bin Salman, novo ministro da Energia da Arábia Saudita e membro de longa data da delegação saudita na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), disse na segunda-feira que a política do reino não mudará e que um acordo global para reduzir a produção da commodity em 1,2 milhão barris por dia será mantido.
Se o mercado de petróleo fechar mais alto nesta terça-feira, será o maior ganho desde o final de julho, mas ainda há obstáculos devido às tensões comerciais EUA-China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *