Governo prorroga cobrança de preços diferenciados
29/03/2017
Petróleo opera em baixa moderada, após fortes ganhos da sessão anterior
30/03/2017
Mostrar tudo

Fonte: A Tarde | Coluna Tempo Presente

Levi Vasconcelos

O coordenador de Fiscalização de Combustíveis da Secretaria Estadual da Fazenda, Olavo Oliva, não quis saber de baixar as alíquotas de ICMS para combustíveis, conforme deixou claro, nesta terça-feira (28), em encontro promovido pelo Sindicom (Sindicato das Distribuidoras de Combustíveis da Bahia), que reivindicava a redução.

Segundo Oliva, os altos preços são mais em função ‘das regras de comercialização adotadas pelo setor.’

‘Pra boi dormir’
Oliva lançou o desafio:
— Essa de que as distribuidoras de combustíveis compram até produtos em outros estados para fugir de elevadas alíquotas de ICMS que encareceriam o produto aqui na Bahia não passa de ‘história da caronchinha’, conversa pra boi dormir. Duvido e, se eles provarem isso, até baixo as alíquotas.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *