Governo prorroga cobrança de preços diferenciados

Lei da terceirização terá dificuldade para avançar no Senado
29/03/2017
Rebu dos combustíveis
29/03/2017
Mostrar tudo

A Medida Provisória (MP 746/16) que permite ao comércio cobrar preços diferentes para pagamento à vista e a prazo, cujo prazo estava previsto para terminar em 2 de abril, teve sua validade prorrogada para 60 dias, encerrando em 1º de junho.

O novo prazo foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) em 21 de março e permanecerá em vigor até ato do Congresso converter a MP ou não em lei.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Fecombustíveis

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *