S&P Global eleva rating da Petrobras, com perspectiva estável

Brasil já testa carros abastecidos com esgoto; conheça a tecnologia
12/02/2017
Leilão de biodiesel frustra a indústria
13/02/2017
Mostrar tudo

Fonte: Valor Econômico
A agência de avaliação de risco S&P Global Ratings (novo nome da Standard & Poor’s) elevou nesta sexta-feira o rating em escala global da Petrobras de “B+” para “BB-”. A nota de crédito individual, que considera a companhia de maneira independente do seu controlador — o governo federal — foi elevada de “b-” para “bb-”. A perspectiva dos ratings é estável.
A nova classificação coloca a Petrobras um degrau abaixo da nota soberana brasileira, reafirmada hoje em “BB” com perspectiva negativa pela S&P. E a companhia está agora a três degraus de distância do chamado “grau de investimento”, na escala da agência, cuja nota mínima é “BBB-”.
Conforme a S&P, a elevação reflete a significativa melhora de liquidez da Petrobras, em meio à melhora de governança e administração de passivos em andamento, que permitiram à companhia reduzir pressões de refinanciamento e manter sólida posição de caixa.
A redução de investimentos e a implementação da nova política de preços também contribuíram para melhora nas perspectivas de geração de fluxo de caixa e para uma estrutura de capital mais balanceada, diz a agência.
Além disso, a S&P vê como positivos o foco da administração da companhia em lucratividade e a revisão do processo de tomada de decisões da empresa, com melhora dos controles internos e dos padrões de governança.
Essa perspectiva se baseia na expectativa de que a Petrobras mantenha sua posição de melhor liquidez, mesmo em meio a passivos contingentes que possam surgir ao longo de 2017. A perspectiva também reflete a visão da agência de que a consistência da nova política de preços, junto à gradual melhora nos padrões de governança, devem permitir à companhia melhorar sua geração de fluxo de caixa e continuar a se desalavancar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *